Manga Keitt

Bovinos Pardos Suíços

Gado Selecionado | Machos e fêmeas de alto padrão

Características:

Desde 1977 a Fazenda Tamanduá cria e seleciona a raça Parda Suíça, também chamada de “Schwytz” no Brasil. Hoje, a raça Parda é a segunda raça mais leiteira em quantidade no mundo.

Particularmente bem adaptada ao clima brasileiro, principalmente pela sua pele de cor uniforme (como a maioria das raças zebuínas), ele não tem problemas de fotosensibilidade, suportando as radiações de ultravioleta.

A sua maturidade sexual precoce (média do primeiro parto no Brasil com 30 meses), rusticidade que permite um regime alimentar simples, fecundidade (um bezerro por vaca e por ano), longevidade (de 5 a 6 crias num ciclo de vida), resistência natural a mamites, membros e pés sólidos, facilidade na hora de dar cria, aguentando o estresse térmico, são características que ajudaram a Fazenda Tamanduá a escolher esta raça e começar a partir de 1977 a sua seleção.

Raça rústica inicialmente de tripla aptidão (leite, corte, tração) originária da Suíça, é uma das raças taurinas das mais antigas do mundo cuja seleção se orientou cada dia mais na direção do leite. Introduzida no Brasil no início do século XX, a vaca Parda Suíça oferece hoje uma média de 22 kg/dia. O seu leite de alto teor de proteína, (dois pontos a mais do que a Holstein), é muito indicado para a produção de queijo.

Depois do abandono da produção do queijo na nossa unidade com SIF no primeiro semestre de 2020, a nossa meta é de trabalhar, com o apoio e orientação da Associação Brasileira de Criadores de Gado Pardo Suíço, ABCGPS, na consolidação da linhagem e genética que criamos no decorrer destes 43 anos.

O nosso objetivo agora é vender animais da Fazenda Tamanduá, PO, PC e mestiços, machos e fêmeas, de alta qualidade para os amigos criadores, que apostam nesta raça e seleção excepcionalmente bem aclimatada e podem ver “in loco” esta realidade.